Postagem em destaque

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Boletim Informativo, 25 de setembro de 2016

Quem sou eu no Reino de Deus?

Rev. Cleverson Gilvan

            Quando não reconhecemos a nossa identidade passamos a vagar sem rumo no mundo e, desse modo, para qualquer lado que andemos não fará diferença alguma. Assim, uma pergunta se torna inevitável: Você realmente sabe quem você é dentro do Reino de Deus?
            Os cristãos foram primeiramente identificados como “cristãos” por causa da sua relação com Jesus. Eles procuravam viver como ele viveu, andar como ele andou e falar também das coisas que ele falou. Lendo Atos, por exemplo, vamos percebendo que por onde eles iam havia um mesma preocupação, ou seja, por onde eles iam pregavam a Palavra de Deus – Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a palavra. (Ats 8:4 ARA).
            Aqueles irmãos viveram de modo integral para o Reino de Deus. Eles sabiam que estavam por aqui na condição de súditos e servos desse Reino. Portanto, tudo o que eles fizessem visava a glória do Senhor.
            A igreja contemporânea deve reavivar em seu coração o desejo de viver do mesmo modo. Deve nos incomodar e inspirar o desejo de servir integralmente ao Reino de Deus, independente do que estivermos fazendo. Deus nos chamou para sermos divulgadores do Reino por toda a parte - Rendei graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei conhecidos, entre os povos, os seus feitos. (Slm 105:1 ARA).
            E Deus não apenas nos chamou mas também nos capacitou mediante a doação do seu próprio Espírito, que vindo sobre nós nos transforma em testemunhas da sua obra.
            Assim pense, mas pense sinceramente, quem eu sou no Reino de Deus? Tenho me envolvido com esta missão? Sou atuante na seara do Senhor?
            É hora de nos realinharmos nas fileiras da batalha da igreja militante e marcharmos contra as portas do inferno, pregando o evangelho de Cristo Jesus que liberta poderosamente o pecador.
            Avante, avante, ó crentes! Soldados de Jesus!

Avisos

Rev. Cleverson – Curso em São Paulo
Esta semana o Rev. Cleverson estará em São Paulo para a realização de mais um módulo do seu curso em Centro de Pós Graduação Andrew Jumper. Ore pela viagem e pelos estudos do irmão.

Reunião de Oração e Estudo Bíblico
Os trabalhos da igreja estão sob a direção do Rev. Everton César. Participe das atividades da igreja na terça e na quinta-feira.  Nos reunimos sempre às 19:30 horas.

ATENÇÃO SOCIEDADES INTERNAS
O mês de outubro é o mês das eleições das diretorias das sociedades Internas. Lembramos que no dia 12 de novembro teremos a reunião de planejamento para o ano de 2017. Até lá as diretorias eleitas para 2017 já devem ter prontas as linhas mestras dos planejamentos de suas sociedades.


 Departamental da SAF
Nossa reunião será na casa da nossa irmão Diná Wenceslau e será no dia 30 de setembro às 19:30 horas. O endereço é Rua Luiz Capuano, 111, Morada do Sol.

Ceia no Alto da Estação
Por ocasião da Escola Dominical o Rev. Everton está ministrando a ceia na Congregação do Alto da Estação.

Aniversariantes
25/09
Maira
Matinha

26/09
Marly Martins dos Reis
Central
9 9124-8837
26/09
Inez de Fátima Vargas Brasileiro
Central
3831-1934
27/09
Paulo Sergio Vicente
Filadélfia
9 8829-1415
27/09
Argeu das Chagas
Central

27/09
Sirlene Marra D. Faustino
Alto da Estação

30/09
André Luiz Silva
Alto da Estação
3832-1524
30/09
Alexandre Pereira de Faria
Filadélfia

01/10
Jeniffer Carvalho Pena
Manancial

01/10
Rosana Valéria Caldeira de Oliveira
Filadélfia
9 8862-0411



INTERCESSÃO
- Maria Conceição fonseca (mãe rev. Salvador,) – saúde
- Miguel vieira naves, pai Lazara naves – saúde


SAF em Revista
Agradecemos as amadas irmãs que assinaram a saf em revista neste ano. Agora já é hora de renovar para 2017, no valor de R$ 24,00 a assinatura anual. o pagamento é até 29/10 com Ana Maria.



A IGNORÂNCIA GARANTE A IMPIEDADE

“O seu divino poder nos presenteou com tudo o que contribui para a vida e para a piedade, mediante o conhecimento daquele que nos chamoupor sua glória e força poderosa. (2Pe 1:3)

Eu fico maravilhado com o poder que a Bíblia dá ao conhecimento.

Considere 2 Pedro 1.3: “[Deus], por Seu poder nos concedeu . . . todas as coisas que contribuem para a vida e para a piedade, por meio do conhecimento daquele que nos chamou por sua glória e poder”.

Literalmente, todo poder disponível, da parte de Deus, para viver e sermos piedosos (tementes e obedientes) vem por meio do conhecimento! Isso é maravilhoso! Como devemos nos esmerar em conhecer a doutrina e nos dedicarmos à instrução das Escrituras! Vida e Piedade estão em jogo.

Não que conhecimento, em si mesmo, garanta piedade. Não, não garante. Mas, parece que ignorância garante a impiedade. Por esta razão, Pedro diz: o divino poder que conduz a piedade foi dado por meio do conhecimento de Deus.

Aqui estão três implicações, um alerta e uma promessa.

1. Leia! Leia! Leia! Mas, cuidado para não desperdiçar seu tempo com “espumas” teológicas. Leia bons livros doutrinários que, substancialmente, falem sobre “aquele que vos chamou para sua gloria e pela força do seu poder”.

2. Pondere! Pondere! Sem pressa. Tome tempo para pensar sobre a Bíblia. Faça perguntas. Mantenha suas anotações. Permita-se se deixar incomodado com os pontos conflitantes. As mais profundas compreensões vêm de tentar ver a raiz unificadora de dois ramos aparentemente desconexos.

3. Examine. Examine. Seja parte de um pequeno grupo que, de modo cuidadoso e sério, buscam pela verdade. Não um grupo que apenas gosta de polemizar e levantar problemas. Mas um que crê que há, sim, respostas bíblicas para problemas bíblicos.

Alerta: “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento.” [Os 4.6] “(...) eles têm zelo por Deus, porém não com entendimento.”  [Rm 10.2]

Promessa: “Ninguém mais precisará ensinar o seu próximo, nem o seu irmão, dizendo: ‘Conhece o Senhor!’ Pois todos me conhecerão, desde o menor até o maior. Porque terei misericórdia das suas culpas, e não me lembrarei mais dos seus pecados.” [Hb 8:11-12].



ESTUDO DIRIGIDO PARA CULTO DOMÉSTICO

Baseado na mensagem do Rev. Cleverson Gilvan na Igreja Central


Texto: 1 Tm. 1.8-11

Os propósitos de lei do Senhor

            A lei de Deus é o reflexo perfeito do seu caráter santo. Assim, qualquer homem que queira ter o caráter de Cristo impresso na sua vida, deve ocupar-se de viver conforme a lei de Deus.
            Certamente, isso não significa que ela salve, por que a salvação é uma obra da graça de Deus e não das nossas obras, mas é por meio da lei, que nossos atos são conformadas a vontade do Senhor e assim a santidade é operada em nós.
            Por isso, considere:

1) Qual é a primeira conclusão de Paulo sobre a lei de Deus?

2) Você vê alguma relação desse texto com Sl. 19.7?

3) Para quem a lei foi promulgada? Isso tem a ver conosco?

4) A mensagem da lei não pode ser dissociada da mensagem do evangelho. Aliás, é exatamente a seriedade da lei que nos leva a Cristo. Ele é o varão perfeito que a cumpriu cabalmente. Assim, porque é importante, na sua opinião, conhecermos ainda hoje a lei do Senhor?